Efeito da aplicação de diferentes doses de metolachlor o desenvolvimento do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.)

Rogério Farinelli, Fernando Guido Penariol, Angela Cristina Camarim Alvarez, Sandra Aparecida Souza, Caio Vitagliano Santi Rossi, Monica Martins Silva, João Domingos Rodrigues

Resumo


No Brasil, a cultura de milho apresenta o maior consumo do herbicida metolachlor, porém com o aumento da área cultivada do feijão de inverno, esta cultura tornou-se um importante mercado para este produto. O trabalho foi desenvolvido na FCA/UNESP, Botucatu, SP, com o objetivo de avaliar os efeitos de diferentes doses do herbicida metolachlor no feijoeiro, utilizando o cultivar FT Bonito, no período “de inverno”. Os tratamentos foram constituídos de cinco doses (0; 1,0; 2,0; 3,0; 4,0 e 5,0 L/ha) totalizando seis tratamentos com cinco repetições. O herbicida foi aplicado em pré-emergência, sendo realizadas nos estádios fenológicos V2, V3 e V4, correspondendo ao desdobramento de folhas primárias, emissão da primeira folha trifoliada e emissão da terceira folha trifoliada, as seguintes avaliações: altura de plantas; matéria seca da parte aérea e sintomas de fitotoxicidade. Verificou-se que, para a altura de plantas, no estádio V2 não foi verificada diferença significativa. No entanto, observou-se a ocorrência de sintomas de fitotoxicidade, que foram mais intensos no tratamento correspondente à maior dose do herbicida. Apesar da redução no desenvolvimento das plantas nos três estádios fenológicos não houve diminuição na produção de matéria seca.


Palavras-chave


Seletividade; precocidade; feijão

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7824/rbh.v4i2.20

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


UFERSAUFVJMUFFSEmbrapa
SBCPDHRAC-BRNAPD-UEMUniRV



Revista Brasileira de Herbicidas
ISSN (Online) 2236-1065
ISSN (IMPRESSO de 2000 a 2005) 1517-9443

Complexo Empresarial Oscar Fuganti
Rua Santa Catarina, 50 - 13º andar - sala 1302
Londrina - Paraná
CEP: 86010-470
Email: contato@rbherbicidas.com.br
TEL: (43) 3344-3364
Segunda à Sexta — 12:00 às 18:0